tempo para que eu te quero


Novamente, dias atrás sem muita pretensão assisti o filme About Time. Sempre quando vejo este filme fico pensando nas pequenas coisas que desperdicei. Viagem no tempo é um deleite para mim, poder voltar no tempo e corrigir fatos … Hum?! Interessante. [não é por acaso que as histórias da Crise Infinita sempre chamaram a minha atenção].

No princípio o filme parece ser meio ficção + comédia romântica, mas as decisões tomadas pelo personagem principal impacta diretamente na forma como a história vai se desenrolando. E aí que o drama entra para fazer repensar o modo como vemos as coisas.

Não vou dar maiores detalhes sobre a trama envolvendo o personagem principal e as pessoas do entorno, o fato é que vão nos conquistando cada vez mais. Há certos filmes a respeito das viagens no tempo que não fazem muito sentido ou são debilmente explicadas. Não importa muito. Fato é que, depois de duas horas de filme, a sensação é de que eu preciso mudar em alguns aspectos da minha vida.

Se cinema é uma válvula de escape, esse filme é uma das melhores fugas nesta minha vida acelerada.

Há momentos de nossa vida que as melhores oportunidades estão ao nosso lado e não enxergamos. A visão míope do nosso dia-a-dia nos leva a milhas distante de tudo e de todos. Nosso foco fica voltado para a nossa redoma.

One thought on “tempo para que eu te quero

  1. Pingback: pensamentos incessantes sobre o tempo | dagobah

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s