Faça alguma coisa louca


OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Loucura. Loucura.
O ano acabando. Metas conquistadas. Batalhas não vencidas. Discussões afloradas.
Desejos não realizados.
Sonhos que se perderam ao longo do caminho interminável do trabalho.
Reflexões chegando… e a certeza de que somos imperfeitos buscando o sincronismo do tempo.
Dos planos mal postulados e poucos engajados.
Reflexões chegando e a certeza de que vivemos em um simulacro finito e cheio de personagens.
Alguns representando a LUZ, outros a ESCURIDÃO; porém… ambos representando.

Faça alguma coisa louca.

Faça alguma coisa louca em 2018.
Fuja da normalidade.
Fuja dos padrões.
Faça algo que você queria fazer em sua infância.
Lembre dos seus sonhos. Lembre de coisas loucas.
Salte de para-quedas.
Vista uma calça vermelha…ou uma amarela.
De ousadia ao que realmente é você.
Faça algo louco. Algo que você se orgulhe.
Aprende a tocar violão… ou piano … ou saxofane… harmônica.
Deixe o cabelo crescer. Raspe seu cabelo. Pinte o cabelo de azul.
Faça uma serenata.
Veja o sol nascer. Jogue bola com as crianças.
Elogie as pessoas.

Faça alguma coisa louca.

Ouse saltar o vazio.
Singre ao som do mar e sob a luz do azul profundo.
Faça uma coisa louca.
Pois é dos loucos a sabedoria de viver poderosamente o dia de hoje.
Faça uma coisa louca.
Converse com Deus. Abandone seus vícios. Fuja do mal.
Corra. Corra. Corra para a cruz do calvário.
Entenda a mensagem da cruz.
Porque a sabedoria deste mundo é loucura aos olhos de Deus.
Porque o amanhã é tudo vaidade.
Doce é a luz, e agradável aos olhos ver o nascer do sol.
Ainda que eu viva muitos anos, ainda que vivamos muitos anos, regozije-se em todos eles.
Contudo, lembre-se que há dias de trevas (e serão muitos).
Por isso… faça alguma coisa louca em 2018.
Porque tudo quanto sucede é vaidade.
*leia escutando DO SOMETHING CRAZY :: Outasight

DO SOMETHING CRAZY

Madness. Madness.
The year is ending. Goals achieved. Battles not overdue. Emerging discussions.
Unfulfilled desires.
Dreams that were lost along the endless path of work.
Reflections coming … and the certainty that we are imperfect looking for the timing of time.
Of the badly postulated plans and few engaged.
Reflections coming and the certainty that we live in a finite simulacrum and full of characters.
Some representing the LIGHT, others the darkness; however … both representing.

Do something crazy.

Do something crazy in 2018.
Run away from normalcy.
Escape the patterns.
Do something you wanted to do in your childhood.
Remember your dreams. Remember crazy things.
Jump from parachute.
Wear red … or yellow pants.
Of daring at what you really are.
Do something crazy. Something you’re proud of.
Learn to play the guitar … or piano … or saxofane … harmonica … harmonica.
Let the hair grow. Scrape your hair. Paint the hair blue.
Make a serenade.
Watch the sun rise. Play ball with the kids.
Praise people.

Do something crazy.

Dare to skip the void.
To sail to the sound of the sea and under the light of deep blue.
Do something crazy.
For the foolish is the wisdom of living powerfully this day.
Do something crazy.
Talk to God. Abandon your addictions. Escape from evil.
Run. Run. Run to the cross of Calvary.
Understand the message of the cross.
For the wisdom of this world is foolishness in the sight of God.
Because tomorrow is all vanity.
Sweet is light, and pleasant to the eyes to see the sunrise.
Though I live many years, though we live many years, rejoice in them all.
However, remember that there are days of darkness (and there will be many).
So … do something crazy in 2018.
For all that is come is vanity.
*read listing DO SOMETHING CRAZY :: Outasight.

3 thoughts on “Faça alguma coisa louca

  1. Adorei a poesia deste texto!
    Engraçado como lendo este post sinto que minha opinião foi materializada.
    Fazer algo louco está ligado com ser quem se é de verdade, aceitar as próprias emoções e vontades, mas respeitando o coletivo (sem aquele hedonismo arrogante de “foda-se o mundo”), ser rebelde…
    Vivemos em um mundo cheio de expectativas, metas, aparências e opiniões sobre o que fazemos, que é quase heroico romper com o status quo e sermos nós mesmo.
    Mas não há sensação melhor, e disso os loucos sabem (CBJr)

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s